ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...







terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Briga entre irmãos por causa de celular acaba em morte


Um crime causou revolta ecomoção na cidade de Agudos do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. Douglas Pablo Machado de Matias, de 25 anos, foi assassinado a facadas pelo próprio irmão, Vinícius Machado, de 24 anos, na manhã de domingo (14). O motivo seria o celular tomado de uma irmã como forma de castigo por ela não ajudar a mãe nas tarefas de casa. O acusado fugiu e é procurado pela polícia.

A história do que aconteceu na casa da família Machado foi relatada nesta segunda-feira (15), pela prima dos envolvidos, Weslayne Anjos Lima. Segundo ela, são duas casas no mesmo terreno, dividas pela família. Ao chegar em casa do trabalho, o irmão mais velho, Douglas Pablo, pegou o celular da irmã, de 13 anos, como forma de castigo.

“Ele pegou o celular da irmã porque falou que ela não estava fazendo nada na casa, não estava ajudando a mãe, enquanto ele trabalhava fora. A casa estava toda desorganizada e ele fez isso como forma dela aprender a lição”, contou a prima.

Após fazer isso, Douglas foi dormir na outra casa com a namorada. A adolescente chorou por causa do celular e foi reclamar para o outro irmão, Vinícius. Foi então que, logo depois, ele pegou uma faca, estourou a porta do quarto e esfaqueou a vítima.

“Meu primo Douglas estava dormindo e não teve nem tempo de reagir. O Vinícius foi pra matar o irmão. Ele deu quatro facadas no peito e uma na boca. A namorada viu tudo em pânico e ficou sem reação”, disse Weslayne.

Douglas ainda foi socorrido, mas morreu momentos depois no hospital da cidade. De acordo com a prima, o jovem fazia o papel de pai da família.

“É muito triste. Vinícius se sentia responsável por todos na casa, por se o mais velho. O Vinicius era usuário de drogas e só queria saber de andar na rua. Os dois viviam brigando por causa disso e, numa dessas brigas, ele ameaçou de matar o irmão. Foi o que fez agora”, completou.

A prima do autor e da vítima acredita que Vinícius já saiu de Agudos do Sul, inclusive com a ajuda do pai. A Delegacia de Fazenda Rio Grande é a responsável pelas investigações. Fonte: Banda B 

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

LUNARDELLI

LUNARDELLI