ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...







quarta-feira, 26 de maio de 2021

AMUVI decide pelo Lockdown, lei seca e restrições no comércio para conter a pandemia

 


Terminou há pouco a reunião emergencial convocada pela presidência da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (AMUVI), que ocorreu na sala de reuniões da prefeitura de Ivaiporã. Pelo menos 14 prefeitos dos 26 que compõem a associação estiveram presentes; os demais mandaram representantes.

A reunião foi conduzida pelo presidente da AMUVI, o prefeito de Faxinal, Ylson Alvaro Cantagallo, e pelo vice-presidente, prefeito de Ivaiporã, Luiz Carlos Gil. No início da assembleia foi falado que a maior preocupação no momento é que as decisões sejam tomadas de forma conjunta entre os municípios, para que o índice de contaminação caia de forma geral, visto que os hospitais de referência para tratamento da Covid em Apucarana, Ivaiporã e Jandaia do Sul estão com as enfermarias e UTI superlotadas.

A situação de colapso soma-se a triste realidade em que se encontra o estado do Paraná, conforme foi informado pelo secretário de estado da Saúde, Beto Preto. Vale destacar que os prefeitos tiveram a liberdade de votar por casa item proposto, mas o combinado é que prevalecesse a decisão da maioria.

Uma das principais decisões tomadas na reunião foi pelo lockdown aos finais de semana, sendo que o fechamento total já passará a valer neste sábado (29) e domingo (30), ficando permitido a abertura apenas de hospital, farmácia de plantão e postos de combustíveis (sem abertura de lojas de conveniência). O funcionamento do delivery também está suspendo pelo lockdown no sábado e domingo. Essa medida terá efeito para os próximos três finais de semana.

Nossa reportagem entrou em contato com a prefeita de São João do Ivaí, Carla Suzi Emerenciano, para saber mais detalhes. Ela disse que votou contra o lockdown, mas que será obrigada a respeitar a decisão da assembleia, conforme foi acordado entre os prefeitos. “Não temos vagas nos hospitais e nossos índices também são altos. Não sou a favor, mas venceu a maioria”, completou.

No caso de São João do Ivaí, a prefeita disse que respeitará o lockdown no sábado e domingo, porém, liberará o delivery 24hrs, conforme está estabelecido no decreto recém publicado. Vale destacar que cada prefeito deverá retornar para seu município com as decisões coletivas e novos decretos devem ser reeditados hoje ou amanhã.

Outra medida que passou pela reunião dos prefeitos é para uma fiscalização mais rigorosa no comércio, onde será exigido que apenas uma pessoa de cada família entre no estabelecimento comercial, evitando assim maior circulação nas ruas. A empresa deverá cumprir os protocolos e gerir o controle de entrada nos estabelecimentos.  

Ficou decidido que a venda de bebida alcoólica será proibida durante 21 dias, ficando restrito a todo tipo de comércio, inclusive a mercados, disk entregas, restaurantes e lanchonetes. Esta proposta foi bastante polêmica e gerou muita discussão na reunião, mas teve como justificativa que se não houver a chance de consumo, é possível que as pessoas parem de realizar as aglomerações e festas clandestinas.

A prefeita de São João do Ivaí informou ao Canal HP que em seu município essa medida de lei seca será cumprida apenas por uma semana e que está se dirigindo para o município, onde se reunirá com sua equipe técnica para avaliar melhor as propostas e assim reeditar um novo decreto.

Vale destacar que estas informações são extraoficiais e que a Amuvi ainda editará um documento padrão com as decisões definitivas e passará para que cada município faça seus decretos.






SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

LUNARDELLI

LUNARDELLI