ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!


CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...









domingo, 23 de maio de 2021

Com alta da Covid-19, governo prevê novas medidas restritivas a partir desta semana

 


O Paraná voltou a ter alta constante no número de casos de Covid-19 e o Governo do Estado prevê a adoção de novas medidas restritivas a partir desta semana. Até sexta-feira (21), o estado já contava com 1.048.377 diagnósticos positivos para o Coronavírus. O total de mortes é de 25.231.

Em entrevista à RPC no sábado (22), o secretário estadual de Saúde, Beto Preto, adiantou que um novo decreto deve ser publicado na próxima semana. Entre as novas medidas restritivas estão a ampliação do toque de recolher e o aumento do número de leitos de UTI específicos para a Covid-19. Segundo ele, 150 a 300 leitos que, atualmente, são para tratamento de pacientes vítimas de traumas ou de outras doenças, passarão a ser utilizados para pacientes com o Coronavírus.

No Paraná, 5.553 pessoas estão internadas com suspeita ou confirmação de Covid-19. Deste número, 1.922 estão em UTIs públicas, 360 em UTIs particulares, 2885 em enfermarias públicas, e 386 em enfermarias particulares. Até o momento, são 1840 leitos de UTIs públicas exclusivas ocupados. A ocupação geral está em 95%.

De acordo com a Secretaria de Saúde, 922 pessoas estão na fila de espera por um leito no Paraná. Sendo que 422 pessoas aguardam por um leito de UTI e 480 para enfermaria. No caso de Curitiba e Região Metropolitana, 312 pessoas estão na espera. Do total, 117 aguardam UTI e 195 por enfermaria. O secretário afirmou que a realocação dos leitos de UTI serve para facilitar o acesso mais rápidos de pacientes com Covid-19 aos equipamentos de hemodiálise e tomografia.

Mais testes positivos

Em entrevista à RPC, Beto Preto revelou que 40% de todos os testes realizados no Paraná tem vindo com diagnóstico positivo. Segundo ele, o ideal era que esse número estivesse entre 5 e 10%. “Hoje, todos os ambientes podem ter a presença do coronavírus”, alertou.

Até o momento, o Paraná aplicou 4,9 milhões de doses da vacina contra à Covid-19. A previsão é que idosos acima de 60 anos, pessoas com comorbidades, professores, caminhoneiros, motoristas de ônibus, profissionais portuários e em integrantes das forças de segurança estejam totalmente vacinados até o dia 15 de junho. 

Informações Banda B.

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

LUNARDELLI

LUNARDELLI