ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!


CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...









sexta-feira, 6 de agosto de 2021

Suspeito de matar Kelvin Trovador é preso em Jandaia do Sul

 


Em 05 de agosto, de 2021, o delegado de Polícia da cidade de Jandaia do Sul, Gustavo de Pinho Alves, confirmou, no final do dia, que estava elucidado o primeiro e único homicídio do ano, ocorrido na cidade. Ao todo, três supostos participantes foram presos e a motivação aponta para uma dívida.

Era 14 de abril, quando a vítima Dione Fernandes, 49 anos, mais conhecido como "Kelvin Trovador", foi morto, às margens da Rodovia, próximo a empresa "Metafa", Vila Paião, mais precisamente na Rua Reinaldo Valério.



Segundo informações, Kelvin chegou à oficina de um mecânico, de nome Marcelo, para realizar a barganha de sua caminhonete em outro veículo. Durante a negociação, os dois sentaram em um banco de concreto, na calçada, foi quando surgiu um rapaz, em uma bicicleta azul.

Ele verbalizou com a vítima, dizendo: "não corre... não corre". Em seguida, sacou a arma e disparou pelo menos cinco vezes a uma distância de pouco mais de um metro. A vítima ainda tentou sair, mas foi baleada nas costas.

O ciclista retornou pela mesma rua, de onde surgiu, sentido a Vila Rica. Após estes fatos, as investigações, por parte da Polícia Civil, iniciaram, e constataram que, momentos antes do crime ser praticado, um dos coautores, embarcado numa bicicleta, passou pelo local para ver se a vítima estava lá.

Kelvin havia saído para experimentar um carro, mas logo voltou. Então o olheiro avisou o autor, que neste instante, se aproximou, também de bicicleta, e cometeu o homicídio. Para a fuga, continuou com a bicicleta até a sua residência, onde, com ajuda do irmão, empreendeu fuga para a cidade de Cambira, local em que um dos envolvidos morava.

"Apuramos a participação mais efetiva do irmão, devido as investigações revelarem que, antes do crime, este referido irmão, passou pelo local, juntamente com o assassino, em um veículo Fiorino, para verificar se a vítima estava naquele local. Ao perceber sua chegada, foram juntos, ambos os irmãos, até a cidade de Cambira buscar a arma, que foi usada no assassinato. Ou seja, ele ajudou o familiar, antes e depois, possibilitando a ele, a fuga", disse o delegado. 

Toda motivação está no fato da pessoa morta ter feito uma dívida com o pai do acusado e se recusar a pagar, sendo o autor, conhecido no meio policial, apontado como traficante. O Dr. Gustavo, em sua fala a imprensa, agradeceu o Poder Judiciário, que entendeu a gravidade do caso e autorizou as prisões, possibilitando que todos os envolvidos fossem presos. 

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

GODOY MOREIRA

GODOY MOREIRA

LUNARDELLI

LUNARDELLI