ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!


CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...








domingo, 7 de novembro de 2021

Presidente da Câmara de Ivaiporã acusa colegas de perseguição após abertura de processo

 

Por cinco votos a favor e três contra, a Câmara de Vereadores de Ivaiporã aprovou abertura de uma Comissão Processante (CP) contra a presidente da Casa de Leis, Gertrudes Bernardy (MDB). A denúncia foi protocolada pelo ex-vereador Alex Mendonça Papin por quebra de decoro.


A denúncia é referente a realização de uma festa de aniversário no último dia 17 de junho. Na data, além da vereadora Gertrudes Bernardy, outros sete funcionários comemoraram aniversário de forma coletiva nas dependências do Legislativo. Segundo a denúncia, a comemoração desrespeitou o decreto vigente à época em relação ao protocolo sanitário adotado na prevenção à covid-19.


A comissão terá como presidente o vereador Nando Dorta (PTB), relator Antônio Vila Real (MDB) e membro a vereadora Josane Disner. Conforme Dorta, a denúncia é por quebra do decoro parlamentar. “Deixar bem claro, que não estamos condenando ninguém, os vereadores acataram justamente para averiguar. A vereadora terá todo o prazo para fazer sua ampla defesa e no final dos trabalhos será feito o relatório e encaminhado aos demais vereadores”, disse. Ainda segundo o vereador a previsão é que os trabalhos da comissão sejam iniciados na próxima segunda-feira (8). O prazo máximo para a conclusão dos trabalhos é de 90 dias.

Na semana passada, entretanto, a Câmara de Vereadores de Ivaiporã rejeitou, por unanimidade, uma denúncia pelo mesmo motivo contra os vereadores Antônio Vila Real e Jaffer Saganski Ferreira. Eles também participaram de uma festa de aniversário realizada nas dependências da Câmara.

A presidente da Câmara, Gertrudes Bernardy, afirma que há um jogo político com a finalidade de tirá-la do Legislativo Municipal. “A mesma denúncia, nos mesmos moldes contra os vereadores, foi feita contra mim. Contra os dois vereadores votaram para o arquivamento, contra mim a denúncia foi acatada para investigação. Será porque sou mulher ou porque estou trabalhando muito, cumprindo o meu dever e fazendo valer o salário que recebo, atendendo as necessidades da população, estando ao lado do executivo para melhorar nossa cidade? ”, relatou Gertrudes, que está em seu primeiro mandato e foi a vereadora mais votada do pleito ano passado.

A vereadora disse ainda tratar-se de uma perseguição política. “Foram cortadas algumas regalias, não concordo com algumas atitudes dos outros vereadores e acataram essa denúncia descabida para tentar me prejudicar”, comenta.

Quando a comemoração se tornou pública, Gertrudes disse que a festa era surpresa, sem conhecimento prévio dela e dos demais aniversariantes. Na época, ela se desculpou por ter desrespeitado o protocolo. Ela e os outros participantes da comemoração chegaram a ser multados pela pela Vigilância Sanitária. (Informações Ivan Maldonado)

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

GODOY MOREIRA

GODOY MOREIRA

LUNARDELLI

LUNARDELLI