ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!


CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...









quarta-feira, 17 de novembro de 2021

Servidores da Adapar aprovam greve a partir da segunda-feira (22)

 


Os funcionários da Adapar aprovaram greve a partir do dia 22 de novembro caso a direção da Adapar mantenha a proposta de plano de carreira entregue em projeto de lei à Secretaria da Agricultura. A deliberação pela greve foi aprovada em assembleia virtual realizada no dia 16 de novembro conjuntamente por Sindefesa e Senge-PR. 


O Sindivet e o Sintag também devem aderir à paralisação, após reunião específica. A paralisação ocorre porque o anteprojeto de Lei – “APL feito pela Direção da Adapar” não contou com a participação e aprovação da categoria. Por isso, após apresentar à SEAB, irá buscar apoio  junto aos deputados estaduais para apreciarem o “APL dos Servidores” com redação aprovada quase por unanimidade.



A greve obteve 336 votos favoráveis. Apenas dois votos foram contra e ainda ocorreram 7 abstenções. Dos 385 presentes na assembleia virtual, 345 votaram para aprovar tanto a paralisação, caso a negociação não seja retomada, como o envio de uma carta aos deputados estaduais e iniciativa privada com cópia do anteprojeto.

Anteprojeto destaca melhorias nas carreiras

O APL dos Servidores promove adequações e atualizações na lei que criou a carreira da Adapar. O texto busca modernizar a Agência e prepará-la para conquistar novos mercados que melhor remuneram, tendo em vista a recém reconhecimento Internacional do Paraná como “Livre de Febre Aftosa Sem Vacinação”.

Neste sentido, os servidores APL solicitam melhorias na remuneração, pois além de não terem a reposição da inflação acumulada em 29,52%, os servidores da Adapar recebem quase metade do que Santa Catarina paga, sendo o maior concorrente nas exportações do Agronegócio. Em comparação a outros estados, o salário dos servidores da Adapar está em 8º lugar,  abaixo de estados que não possuem relevância para o agronegócio nacional.

“O valor inicialmente proposto pela Adapar sequer repõe a inflação acumulada em 29,52% e, na avaliação da categoria e de informações da Adapar, apenas repõe um valor referente ao reajuste de 2011 concedido a todos os servidores do estado, exceto a recém criada Adapar”, dizem os sindicatos que encaminham a carta.

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

LUNARDELLI

LUNARDELLI