ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...










sábado, 25 de dezembro de 2021

Dono de bar foi preso por vender bebida alcóolica para menores em Jardim Alegre

 


O proprietário de um bar de Jardim Alegre foi encaminhado para a 54ª Delegacia Regional de Polícia Civil (54ª DRP), na sexta-feira (24)), após denúncia que duas meninas estariam consumindo bebidas alcoólicas no estabelecimento localizado na Rua Santo Antônio.



Conforme o boletim de ocorrência, após denúncia via Conselho Tutelar, os policiais foram ao local, e constataram duas mulheres sentadas onde havia uma garrafa de cerveja pela metade e dois copos em uma mesa, um com cerveja e outro vazio.

Ao ser questionado a idade de ambas, afirmaram que possuíam 18 anos, porém ao ser consultado os dados via sistema, constatou-se ser uma de 17 e a outra de 15 anos.

Questionadas se haviam realizado a ingestão de bebida alcóolica, afirmaram que sim, e que inicialmente informaram que um homem que estava sentado junto com elas é quem havia comprado a garrafa de cerveja com o dono do bar, e que inclusive, ao ser oferecido o teste do bafômetro, ambas optaram em realizar o referido teste.

Ao ser questionado o proprietário e responsável pelo estabelecimento no momento da abordagem, inicialmente afirmou para equipe que havia vendido a bebida para um homem, e que tinha visto as meninas no seu bar, mas não se deu conta que eram menores.

Sendo assim, foi realizado contato com o conselho tutelar da cidade, onde informaram que estavam em outra situação, e autorizaram informarem os pais das menores para que acompanhassem as mesmas até a delegacia.

Diante dos fatos, foi realizada a apreensão da garrafa de cerveja que as menores estavam consumindo, e juntamente com o proprietário do estabelecimento, foram conduzidos até a UPA de Ivaiporã para avaliação dos sintomas do COVID, e posteriormente até a 54ª DRP.

Enquanto aguardava atendimento na UPA, o proprietário relatou para equipe que primeiramente havia vendido uma garrafa de cerveja para a menor com 17 anos, onde as mesmas consumiram no local, depois chegou ao local o homem, o qual comprou outra garrafa de cerveja e entregou para as menores consumirem, porém afirmou desconhecer que as meninas eram menores de idade.

Na Delegacia, a menor com 17 anos afirmou para equipe, que assim como o proprietário do bar informou, elas já haviam consumido uma garrafa de cerveja, a qual comprou diretamente com ele.

Ao ser realizado os testes do bafômetro na adolescente de 17

 anos, aferiu o valor de 0,17 mg/l, e na de 15 anos, aferiu o

 valor de 0,15 mg/l. Ambos os envolvidos foram encaminhados

 até a delegacia no interior da viatura, sem a necessidade do

 uso de algemas. (Informações Ivan Maldonado)

CLIQUE AQUI PARA ENTRAR NO GRUPO DE WHATSAPP DO CANAL HP

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

GODOY MOREIRA

GODOY MOREIRA

LUNARDELLI

LUNARDELLI