ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...










terça-feira, 22 de março de 2022

Família de Cambira se revolta após criança de 4 anos morrer no hospital

 


A morte de Aysa Marian Batista, de 4 anos, moradora de Cambira, causou comoção. A menina morreu nesta segunda-feira (21), por volta das 17h30, após ser internada na Santa Casa e passar pelo Pronto Atendimento Infantil (PAI), de Arapongas.

Aysa será sepultada nesta terça-feira (22), às 10h30, no Cemitério Municipal de Arapongas. Antes de ser levada para Arapongas, a criança passou por atendimento também na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Apucarana. A família reclama do atendimento prestado na unidade. 

De acordo com a tia e madrinha da criança, a araponguense Matilde Ortega, cunhada de Carla Batista, mãe da criança, a afilhada vinha sofrendo com problemas de saúde há um ano. Há mais ou menos um mês, conforme a tia, o quadro de saúde dela se agravou.

“Nunca descobriram o que era. Levaram a Aysa três vezes na Unidade de Pronto Atendimento de Apucarana (UPA), mas o médico passava apenas o medicamento dipirona. Minha afilhada não conseguia mais andar de tanta dor no peito e gritava de dor o tempo todo”, afirma. Segundo ela, no domingo (20) a criança foi levada para o Pronto Atendimento Infantil (PAI) de Arapongas, que encaminhou Aysa para a Santa Casa. “Mas foi tarde demais. Os médicos fizeram de tudo”, lamenta. 

Segundo a família, a criança chegou ao Hospital Santa Casa com um quadro de pneumonia. “Não sabemos o que houve realmente com ela até hoje, mas sabemos que algo podia ter sido feito para salvar nossa menina”, acrescenta. 

Em nota, a direção da Autarquia Municipal de Saúde (AMS), de Apucarana, afirma que já está de posse do prontuário de atendimento da criança. Conforme informações da AMS, a menina foi atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), nos dias 8 e 16 de março, e submetida a exame de sangue. O secretário de saúde, Emídio Bachiega, disse que tudo está sendo averiguado e que se for necessário será aberta uma sindicância para apuração minuciosa do caso.


Informações: Ivan Maldonado

CLIQUE AQUI PARA ENTRAR NO GRUPO DE WHATSAPP DO CANAL HP

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

GODOY MOREIRA

GODOY MOREIRA

LUNARDELLI

LUNARDELLI