ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...










quarta-feira, 23 de março de 2022

Médico do Paraná é denunciado por homicídio após prescrever cloroquina para paciente de 12 anos com Covid

 


O Ministério Público do Paraná, por meio da 24ª Promotoria de Justiça de Londrina, ofereceu denúncia criminal contra um médico que teria sido negligente, imprudente e imperito no atendimento prestado a um adolescente com Covid-19. O principal crime apontado é “homicídio culposo”, majorado por inobservância de regra técnica de profissão. A vítima, de 12 anos, tinha diversas comorbidades e faleceu.


Conforme a denúncia, o profissional de saúde atendia o paciente por meio de consultas realizadas pelo aplicativo de rede social WhatsApp, comunicando-se apenas com sua mãe, sem examiná-lo. O denunciado teria passado uma prescrição médica com diversas irregularidades, como doses de medicamentos muito acima das máximas recomendadas e remédios inadequados para o quadro do paciente, bem como medicamento experimental (inalação de hidroxicloroquina). O MPPR destaca, ainda, que, apesar de diversos sinais acerca da gravidade do caso, o médico não determinou a internação hospitalar do menino.


Crimes e danos morais

Além do homicídio culposo, a Promotoria sustenta a prática dos crimes de exercício ilegal da medicina, omissão de notificação compulsória de doença infectocontagiosa e emissão de atestado falso. Na denúncia, o Ministério Público pede também que seja fixado valor para reparação de danos morais e materiais à família da vítima.

Informações são da Banda B

CLIQUE AQUI PARA ENTRAR NO GRUPO DE WHATSAPP DO CANAL HP

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

GODOY MOREIRA

GODOY MOREIRA

LUNARDELLI

LUNARDELLI