ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...










quarta-feira, 25 de maio de 2022

Imagens mostram como ficou Fusca de influenciador que morreu em acidente com cachorro nos EUA





acidente que matou o influenciador brasileiro Jesse Koz, de 29 anos, e o cachorro dele, chamado, Shurastey, nos Estados Unidos foi visto por um casal de amigos, que estava viajando em uma van logo à frente da dupla. Eles passaram o final de semana juntos e, na segunda-feira (23), pegaram estrada rumo ao Canadá, último destino de Koz antes de chegar ao Alasca, como era seu desejo

Acima temos algumas fotos do acidente que matou o influenciador que mostram o impacto causado pela batida que ocorreu na segunda-feira (23), próximo da cidade de Portland, nos Estados Unidos. Nas imagens é possível ver que o Fusca em que estavam Koz e o cachorro ficou destruído.

As imagens, de autoria desconhecida, foram compartilhadas nas redes sociais e tiveram sua autenticidade comprovada pela NSC TV.

A informação sobre a morte do Jesse Koz foi confirmada nas redes sociais oficiais e por um familiar. Junto de Dodongo, como o fusca 1978, com placas de Balneário Camboriú (SC), foi apelidado, Jesse percorria as Américas na companhia do cão. A dupla já havia passado por 16 países, além do Brasil.

A viagem de Jesse e Shurastey fazia parte de um projeto chamado “Shurastey or Shuraigow?”, uma adaptação inspirada na música “Should I Stay or Should I Go” (traduzido do inglês Devo Ficar ou Devo Ir), sucesso da banda The Clash.

 


Como foi o acidente

De acordo com Roana Petri Celeste, viajante que seguia com a dupla durante a viagem, em outro veículo, Koz não conseguiu frear a tempo quando um carro parou na rodovia para fazer a conversão à esquerda. "Perdeu o controle do fusca e bateu de frente com o carro que vinha no outro lado"".

Em sua última publicação no Instagram, feita no sábado, Jesse se mostrou animado em relação ao encontro com Diego e Roana.

"Nós estamos acampando no estado do Oregon, no meio do nada, e daqui nós seguimos viagem rumo à fronteira com o Canadá. Mas antes vamos visitar uma galera que eu sou fã!!!", escreveu.

 

Ajuda para o translado

O casal de amigos divulgou, na noite de terça, uma "vaquinha virtual" para arcar com os trâmites para trazer o corpo de Jesse e Shurastey de volta ao Brasil. "Eles merecem a despedida mais linda que só nós podemos dar", escreveram. A meta de R$ 120 mil foi batida poucas horas depois.

No Twitter, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, afirmou que fez contato com o ministro das Relações Exteriores, Carlos França, solicitando apoio do Itamaraty para o translado dos corpos. Segundo a assessoria do político, o ministro pediu o contato da família em Santa Catarina. O g1 SC tentou contato com a pasta, mas não teve retorno até a última atualização da matéria.

 

 

 




Informações: G1





 

CLIQUE AQUI PARA ENTRAR NO GRUPO DE WHATSAPP DO CANAL HP

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

GODOY MOREIRA

GODOY MOREIRA

LUNARDELLI

LUNARDELLI