ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...










terça-feira, 17 de maio de 2022

Veja quais regiões podem ser afetadas pela 'geada negra'



Uma frente fria passou sobre o Paraná e trouxe algumas mudanças para o tempo. Um exemplo disso é o frio intenso que afeta todas as áreas do estado nesta terça-feira (17) e, com a queda da temperatura, é possível que ocorra geada.

De acordo com o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), existe a possibilidade de ocorrência de "geada negra", principalmente entre os municípios que ficam no sudoeste e centro-sul do Paraná. 

Isso seria causado por conta do vento, que se mantém mais persistente, associado ao ar mais gelado. O risco de “geada negra” também se mantém na quarta-feira (18), conforme o Simepar.

A previsão do Alerta Geada, do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR), também aponta para possibilidade de gear no estado, exceto no litoral. Há previsão de geadas fracas nas regiões norte, noroeste, oeste e sudoeste. Nas demais localidades, é possível que a intensidade seja moderada.

O meteorologista do Simepar Reinaldo Kneib explica que as geadas ocorrem quando há deposição de gelo sob a superfície, em razão do frio intenso, e o solo está abaixo de 0ºC.

“Nós medimos a temperatura dois metros acima do solo para tentar refletir onde as pessoas estão. Estudos mostram que há uma diferença de 3ºC a 4ºC da temperatura do solo. Então, a temperatura está em torno de 3ºC ou 4ºC, provavelmente o solo estará a 0ºC”, explica o meteorologista.

De acordo com ele, as geadas se dividem em “branca” e “negra”. Na primeira, marcada pela ausência de vento, céu aberto e massa de ar frio muito intensa, forma-se uma camada de gelo por cima das folhas. Já a segunda, está associada ao vento frio e constante, com a temperatura do solo necessariamente em 0ºC ou abaixo.

“As plantas em uma região exposta a esse vento frio e constante ressecam, causando a morte do tecido vegetal. Essa geada chamada de negra mata a seiva, em termos populares tira toda a umidade da planta”, afirma Kneib.

Informações: RIC Mais


 

CLIQUE AQUI PARA ENTRAR NO GRUPO DE WHATSAPP DO CANAL HP

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

GODOY MOREIRA

GODOY MOREIRA

LUNARDELLI

LUNARDELLI