ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...










terça-feira, 19 de julho de 2022

Mãe e esposa de homem morto no Vale do Ivaí dizem que não houve confronto





A esposa e a mãe de Paulo César da Silva (PC), de 27 anos, que morreu na tarde de sábado (16), durante a realização da Operação Apoio BPChoque à 6ª CIPM, em Faxinal, contestam a informação de que houve confronto e dizem que querem justiça. 

"Meu marido entrou em casa para pegar meu filho e morreu na sala após levar um tiro. Ele não estava com arma, nem com drogas. Meu marido tinha problemas com a justiça, mas estava pagando por isso. Em nenhum momento ele tinha uma arma de fogo", comenta Miriam Aparecida Matos da Silva, esposa de PC.


De acordo com a mãe do homem morto, Vilma Vilas Boas Trindade, Paulo César pagou pelo que fez na justiça e atualmente ganha R$ 60 por dia para sobreviver.


"Se meu filho estivesse traficando, eu não teria coragem de pedir, mas ele não estava armado no momento em que os policiais chegaram. O Paulo disse que eu nunca mais veria ele preso, mas morreu na sala de casa, tem marca de sangue no tapete e no sofá", lamenta a mãe. 

Investigação

Segundo o delegado de Polícia Civil de Faxinal, Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, o inquérito está sendo instaurado de modo que a polícia possa esclarecer o que ocorreu da forma mais clara possível.


"Solicitamos a perícia, policiais e testemunhas que estavam no local para dar depoimento. Será feito um trabalho completo ainda esta semana, e no mais tardar, semana que vem, e todos serão ouvidos. Acredito que vamos finalizar daqui 20 a 30 dias", afirma. 


Conforme o delegado, o armamento usado pelos policiais já foi confiscado pela criminalística. "Segundo informações preliminares, o homem que morreu usava uma arma de fogo do tipo revólver e atirou contra a equipe da PM, que estava atuando durante uma operação contra o tráfico de drogas", esclarece. 


A equipe de reportagem do TNOnline entrou em contato com a assessoria de comunicação do BPChoque, de Curitiba, e aguarda retorno. 

Informações: TN Online

CLIQUE AQUI PARA ENTRAR NO GRUPO DE WHATSAPP DO CANAL HP

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

GODOY MOREIRA

GODOY MOREIRA

LUNARDELLI

LUNARDELLI