ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

ECONOMIA SEMPRE PERTO DE VOCÊ!

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...

CONSTRUIR OU REFORMAR? ESSE É O LUGAR...










segunda-feira, 18 de julho de 2022

Polícia Civil investiga atropelamento com morte no Vale do Ivaí


A Polícia Civil, de Apucarana, investiga o atropelamento registrado na sexta-feira (15), que resultou na morte da aposentada de Apucarana, Ângela Maria dos Santos Viana, de 60 anos. O acidente envolvendo um Chevrolet Corsa ocorreu por volta das 18h30, na Rua Osório Ribas, esquina com a Rua Bandeirantes, na área central da cidade.

A diarista chegou a ser encaminhada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital da Providência, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Conforme a irmã de Ângela, Luciane Paschoal, quando a aposentada ia atravessar a rua na faixa de pedestre, um dos carros parou, mas o outro, não.

"Ela sofreu uma parada cardíaca, foi reanimada e precisou ser entubada. No entanto, no hospital ela não resistiu aos ferimentos e morreu. O motorista do carro disse que estava a 40 km/h, mas tenho dúvidas, pois ela foi arremessada a 12 metros de distancia", lamenta.  

Ângela era aposentada, mas segundo a irmã, trabalhava como diarista para complementar a renda familiar. Ela completaria 61 anos neste domingo (17), dois dias depois de sua morte.

De acordo com Gabriella Picanço Xavier, assessora de comunicação da Polícia Militar (PM), o atropelamento ocorreu por volta das 18h30, desta sexta-feira (15). "O motorista foi identificado e parou para prestar socorro à vítima. Além disso, o carro não possuía pendências e o condutor é regularmente habilitado", observa. 

Conforme informações da Polícia Civil de Apucarana, por ser um acidente com morte, o caso é investigado pela equipe responsável. 

Informações: TN Online

CLIQUE AQUI PARA ENTRAR NO GRUPO DE WHATSAPP DO CANAL HP

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO JOÃO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

SÃO PEDRO DO IVAÍ

GODOY MOREIRA

GODOY MOREIRA

LUNARDELLI

LUNARDELLI